InícioPortalRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 EUA: mulher que criou perfil falso na web vai a julgamento

Ir em baixo 
AutorMensagem
Deko
ADM Deko
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 905
Idade : 25
Localização : central de design da sociedade ^^
Emprego/lazer : tecnico de montagem e manutenção de micro
Sign of the Week :
:0
:2
:3


Duelos :
:0
:0

Data de inscrição : 16/11/2008

MensagemAssunto: EUA: mulher que criou perfil falso na web vai a julgamento   Sex Nov 28, 2008 3:57 am

Jennifer Steinhauer

Na última quarta-feira, promotores públicos federais apresentaram no tribunal a mulher acusada de criar um conta falsa no MySpace para provocar uma menina de 13 anos, atacando covardemente a adolescente "vulnerável" e "louca por meninos", que tinha um histórico de depressão e pensamentos suicidas. A menina, Megan Meier, cometeu suicídio, afirmam os promotores, após receber mensagens sujas do que ela acreditava ser um adolescente, mas que na verdade haviam sido escritas pela mulher acusada, Lori Drew.

Em um uso bem incomum dos estatutos de fraude de computador, Drew é acusada de conspiração e três alegações de acesso a computador sem autorização via comércio interestadual para obter informações que infligissem estresse emocional. Cada alegação pode levar a um máximo de cinco anos de prisão.

Drew, que vive em uma pequena cidade do Missouri, é acusada de criar uma conta falsa em 2006 sob o nome de Josh Evans, com o intuito de conhecer Megan e as coisas que ela estaria dizendo sobre sua filha, Sarah, uma antiga amiga. Após algumas semanas de bate-papo, "Josh Evans" começou a enviar a Megan mensagens maliciosas por meio da conta do MySpace, finalizando uma delas com a sugestão de que "o mundo seria um lugar melhor" sem ela. Megan respondeu, "você é o tipo de menino por quem uma garota se mataria," antes de se enforcar em casa.

Drew ficou cara a cara com os pais de Megan e outros residentes de sua cidade, O'Fallon, nas proximidades de Saint Louis, Missouri, dentro de um tribunal no centro de Los Angeles, onde o promotor federal reivindicou jurisdição pelo fato dos servidores do MySpace e a sede da empresa estarem no condado. O MySpace, uma unidade da Fox Interactive Media, tem sede em Beverly Hills. As autoridades jurídicas do Missouri disseram que não encontraram evidência suficiente para abrir um processo.

Os promotores federais decidiram invocar um estatuto federal, geralmente usado para acionar fraudes que atravessam fronteiras estaduais. Alguns críticos afirmam que o caso extrapola esses estatutos. Nas declarações iniciais, Tom O'Brien, o promotor federal, disse que Drew havia "planejado um ataque à psique de uma menina de 13 anos vulnerável." O objetivo, disse O'Brien, era "envergonhar, humilhar, zombar e magoar a garota." Drew sabia do histórico de depressão e do distúrbio de déficit de atenção de Megan, afirmou, porque foi ela quem administrou os remédios de Megan quando esta saiu de férias com a família de Drew.

O advogado de Drew argumentou que ela não estava em casa quando a mensagem fatal foi enviada e que, embora soubesse sobre a conta, não havia desempenhado um papel ativo no envio de mensagens para Megan. Ele sustentou que as mensagens foram escritas por uma funcionária de Drew e outras meninas e que Drew não sabia como criar uma conta falsa. Christina Meier, mãe de Megan, testemunhou calma sobre as mensagens e disse que havia alertado a polícia uma vez quando sentiu que elas haviam se tornado sexuais.

"Existem dois lados em toda história," disse Dean Steward, advogado de Drew, que descreveu Megan como uma amiga instável que provocava Sarah Drew espalhando rumores "horríveis" sobre ela. Steward rogou aos jurados para lembrar que "isso é um caso de abuso de computador e fraude, não de homicídio."

O juiz George H. Wu instruiu os jurados antes das declarações de abertura que o suicídio de Megan seria "o assunto de alguns testemunhos" que poderiam ser relevantes às suas conclusões, mas que Drew não estava sendo acusada de ter qualquer relação com a morte de Megan.

A alegação de Steward de que Drew não havia participado da criação da conta foi questionada pela primeira testemunha, Susan Prouty, que administra uma loja de decoração e fazia negócio com Drew, gerente de uma empresa de cupons de revista. Prouty testemunhou que Drew havia dito que "criou a conta" e tinha a intenção de imprimir uma série de mensagens de paquera para levar ao colégio de Megan e "humilhá-la."

Prouty testemunhou que Drew dizia à sua filha Sarah o que digitar, "e até digitava ela mesma." Prouty disse que Drew, chateada com o comportamento de Megan em relação a Sarah, havia lhe dito que, "como mãe, você precisa proteger sua filha."

Tradução:Amy Traduções

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sdesign.forumeiros.com
Bob_Killer
Sub-Moderador
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 129
Idade : 29
Sign of the Week :
:0
:0
:0


Duelos :
:0
:0

Data de inscrição : 17/11/2008

MensagemAssunto: Re: EUA: mulher que criou perfil falso na web vai a julgamento   Sex Nov 28, 2008 7:03 am

Os pais devem saber oque os filhos fazem no pc nessa fase de idade.
A culpa é dos pais por não olhar isso, agora sofre as consequencias.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lipeh
Ainda uso o paint
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 40
Idade : 108
Localização : Salvador-Bahia... localização fake : metal's city o/
Emprego/lazer : '-'
Sign of the Week :
:0
:0
:0


Duelos :
:0
:0

Data de inscrição : 16/11/2008

MensagemAssunto: Re: EUA: mulher que criou perfil falso na web vai a julgamento   Sex Nov 28, 2008 8:52 am

Bob_Killer escreveu:
Os pais devem saber oque os filhos fazem no pc nessa fase de idade.
A culpa é dos pais por não olhar isso, agora sofre as consequencias.

Concordo pela parte de que os pais realmente TEM que saber o que os filhos fazem na internet,mas nós também queremos um pouco de privacidade neh,as vezes,essa privacidade nos priva da vida,como nesse caso.
Nós temos que agir como adultos e raciociar : será que vai dar futuro essa amizade?coisa e talz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aijin
Leio os tutoriais do fórum
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 521
Idade : 27
Localização : Belo Horizonte - MG
Sign of the Week : :1
:3
:0


Duelos :
:0
:0

Data de inscrição : 16/11/2008

MensagemAssunto: Re: EUA: mulher que criou perfil falso na web vai a julgamento   Qua Dez 03, 2008 8:29 pm

Eu acho diferente...
Ao invés de diretamente os pais ficarem vendo o que os filhos fazem na internet acho que somente o jeito como essas crianças foram educadas influencia nas decisões dessa pessoa, um adolescente com uma boa educação e informação por exemplo pensará duas vezes em mexer com drogas...tá certo que 13 anos não é lá a idade pra tomar decisões sozinha mas ter um pouco de bom senso não machuca...

PS:
Citação :
as vezes,essa privacidade nos priva da vida

Linda Frase!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Deko
ADM Deko
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 905
Idade : 25
Localização : central de design da sociedade ^^
Emprego/lazer : tecnico de montagem e manutenção de micro
Sign of the Week :
:0
:2
:3


Duelos :
:0
:0

Data de inscrição : 16/11/2008

MensagemAssunto: Re: EUA: mulher que criou perfil falso na web vai a julgamento   Qui Dez 04, 2008 4:11 am

lipeh será o novo poeta da sociedade?
Será? Será? Será?

Eu concordo que essa doente mental que fez isso com a guria tinha que ser MORTA
mto fdp a mulher
Criar um fake
(já é uma sacanagem de outro sexo então mais sacanagem ainda)
Seduzir uma criança (sendo vc uma adulta com idade pra ser a mãe dela)
amiga da sua filha MAIS SACANAGEM AINDA
Fazer uma pressão psicológica com uma criança que já sofria de problemas
de cunho emocional E ELA SABIA DESSES PROBLEMAS e pedir pra garota se suicidar
Objetivo principal:
Gravar as conversas e exibir a todas as pessoas da escola da garota para difamá-la, humilhá-la
Motivo disso tudo:
Uma provável discussão entre a garota e sua filha(Uma briga de crianças)
Que um dia brigam e em uma semana tão se abraçando U.U

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sdesign.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: EUA: mulher que criou perfil falso na web vai a julgamento   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
EUA: mulher que criou perfil falso na web vai a julgamento
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Problema com posicionamento do perfil na mensagem
» Centralizar o perfil
» Modelo Falso 3D:Apartamento 2.0(Feito somente por códigos) ATUALIZAÇÃO!
» Borda no perfil do post
» Criar novos campos no perfil

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Society of Design :: Assuntos Gerais-
Ir para: